Dicas de Saúde

09

maio

Tumor ósseo: o que é?

Definido pelo crescimento celular anormal, o tumor ósseo pode ser dividido entre primário e secundário, sendo no primeiro caso aqueles que se desenvolvem primeiramente no próprio osso e podem ser classificados como benignos (não cancerosos) ou malignos (cancerosos), e no segundo em outras partes do corpo, para só depois se espalhar para o osso.

 

Raramente os tumores ósseos podem levar à morte, no entanto, ainda assim podem ser perigosos e requerem tratamento, uma vez que mesmo quando considerados benignos podem expor um crescimento do nódulo e, consequentemente, comprometer a estrutura óssea. Por sua vez, os tumores malignos, cancerígenos, podem se dispersar por outras partes do corpo.

 

O câncer ósseo, é um tipo de tumor ósseo considerado raro, pois corresponde entre 1% a 1,5% de todos os tipos de cânceres no geral. Dentre os sintomas mais comuns que indicam a presença de um tumor ósseo estão a dor nos ossos, perda de peso não intencional, ossos quebradiços e fadiga.

 

Para realizar o diagnóstico, além de anamnese, o médico poderá solicitar exames de raio-X, tomografia computadorizada, ressonância nuclear magnética e cintilografia óssea. O tratamento dependerá do quadro do paciente e estágio da condição, podendo incluir cirurgia, radioterapia, quimioterapia ou a combinação de todas elas.

 

Para saber mais sobre tumor ósseo, converse com seu médico.

Postado por:

Oncologistas Associados

Categorias: OncologiaOncologia